Dúvidas e mais dúvidas, <br/>todos temos! | Forza Comunicação
CONTATO

Dúvidas e mais dúvidas,
todos temos!

Comunicado,
Endomarketing,
Gestão,
Pessoas

Embora toda a mudança de rotina cause transtornos e possíveis conflitos, tem momentos que exigem tomadas de decisão.

Com a escalada de casos confirmados, respeitando as orientações oficiais e prevenindo a expansão da curva do número de casos do novo coronavírus, a Forza liberou seus colaboradores para trabalhar no formato home office.

A mudança da rotina flexibiliza que toda a equipe possa trabalhar de casa, realizando reuniões matinais para alinhar tarefas e usando dos grupos de trabalho online para manter a comunicação e conduzir os demais desafios do dia.

Com os clientes, o recebimento de demandas se dará preferencialmente via email, a fim de não haver perda dos registros. As reuniões necessárias durante este mês serão previamente agendadas e acontecerão preferencialmente por vídeo conferência.

Fazendo uso de um software de gestão, as pautas e demandas continuarão sendo atendidas normalmente, dentro do que seria o período normal de expediente.

No entanto, solicitamos a compreensão de todos para possíveis readequações de prazos de entrega, uma vez que estaremos nos adaptando a este novo formato, inclusive testando novas ferramentas, a fim de manter a qualidade e efetividade dos materiais.

Por se tratar de um cenário de incertezas, estaremos revisando constantemente as informações dos órgãos responsáveis e tão breve a situação esteja sob controle, retornaremos ao funcionamentos normal.

A Forza é certificada pelo segundo ano pelo GPTW e entende que a proteção à vida, inclusive no campo emocional dos funcionários (em especial porque muitos convivem diariamente com crianças e idosos), é de suma importância, e impacta na produtividade. E este é mais um momento que pode se tornar uma oportunidade de crescimento, de aprendizado e de cultivo da confiança.

Aproveitando, seguem algumas dicas que estamos buscando seguir para nos adaptar a este novo momento:

  1. adaptar a estrutura tecnológica oferecida ao funcionário, seja de equipamentos adequados ou até mesmo o acesso à internet, mapeando possíveis dificuldades
  2. combinar com a equipe a melhor estratégia para comunicação, pensando em canais que supram todas as necessidades de trabalho
  3. priorizar as videochamadas e videoconferências para reuniões, pois observando a expressão dos outros, evitamos confundir a intenção das falas, reduzindo ruídos na comunicação e desentendimentos
  4. a liderança será responsável por dar o tom de como será a operação remota, combinando os detalhes e ouvindo os incômodos que surgirem durante a experiência
  5. fazer breves reuniões para começar o dia, atualizando o contexto geral e tirando a sensação de isolamento
  6. manter a rotina normal: mesmo em casa, é importante tirar o pijama e se arrumar como se fosse para a agência. Isso ajuda a manter a confiança e evita a preguiça!
  7. cuidar da qualidade de vida: reservar momentos na agenda para levantar da mesa, caminhar pela casa, se alimentar e beber água
  8. atentar para os combinados: cabe enviar um comando para o cérebro de que o trabalho home office não é final de semana, feriado ou férias
  9. manter a humanidade e o senso de equipe: atitudes mais informais como compartilhar foto da mesa de trabalho, escolher um cenário diferente da casa para reuniões por vídeo, podem estimular o convívio de grupo
  10. ter paciência e empatia: qualquer processo de mudança no trabalho exige um tempo para adaptação e terá desafios inesperados. No caso atual, preocupações com a saúde e o cenário incerto prejudicam a todos. Assim, é importante manter um canal aberto para comunicar e sanar dúvidas sobre medidas que passem segurança sobre a evolução da pandemia, o modelo de trabalho remoto, as expectativas de produtividade e eventuais conflitos.

Produzido por © Forza Comunicação | Todos os direitos reservados.