Você não precisa de uma agência digital para fazer isso

Você não precisa de uma agência digital para fazer isso

Investir na presença digital do seu negócio é importante e fundamental em um mundo cada vez mais conectado.

Porém, por falta de conhecimento e pouca orientação, muitos empreendedores acabam deixando de explorar todo o potencial que o universo digital reserva para a sua empresa.

Os erros mais comuns são:

1 – Não ter um objetivo claro

2- Priorizar as seguintes métricas: número de curtidas, comentários, compartilhamentos e seguidores

3 – Contratar uma agência digital observando o menor preço cobrado pelo serviço

4 – Destinar pouca ou nenhuma verba para patrocínio

5 – Achar que apenas atualizar o feed é suficiente

6 – Achar que métricas de vaidade vão vender seu produto

7 – Não produzir conteúdo rico

8 – Não trabalhar relacionamento com a audiência

E aí, se identificou?

Se você comete esses erros, está perdendo oportunidades valiosas.

E você nem precisa investir em uma agência digital para fazer isso.

Aprenda a fazer o básico bem feito e faça sozinho.

Não há sentido em destinar seu dinheiro para produzir qualquer conteúdo – cards, vídeos, textos, Gifs, entre outros – para as redes, se você não tem intenção de patrociná-lo. Nós vamos te contar porque e vamos te ajudar a ocupar seu espaço no mundo digital.

Produzimos este artigo para você gerar resultados investindo de forma assertiva.

Saiba definir seu objetivo, identificar possibilidades e escolher as melhores opções para crescer e ter resultados de verdade. Se o seu orçamento é super limitado, faça você mesmo os conteúdos e invista sua verba em patrocínios para o público correto.

A lógica é simples: você prefere um feed bonitinho visto por ninguém, ou um conteúdo que atinge o seu público-alvo?

Métricas de vaidade x inteligência estratégica

Falar em presença digital sem pensar em curtidas, compartilhamentos e seguidores é quase impossível. Mas presença digital é muito mais do que isso. Envolve um árduo trabalho de inteligência estratégica.

Uma estratégia digital robusta entrega mais que likes, gera conversão e resulta no aumento das vendas. E, vamos combinar, o seu objetivo é vender mais, certo?

Por isso, direcionar esforços para obter curtidas, compartilhamentos e seguidores é um tiro no pé. Esses dados são conhecidos como métricas de vaidade. Eles até tem seu papel, mas ganham essa denominação porque não falam nada sobre a saúde do seu negócio e estão muito distantes do seu objetivo primordial: a venda.

Por isso, se a meta é VENDER seu produto ou serviço, agregar valor à marca, ser reconhecido e ser referência no segmento, invista em estratégias que possam trazer dados relevantes para ampliar os resultados.

Se a sua marca ainda não pode investir em uma agência especializada, que trabalhe por resultados efetivos no seu negócio, fazer o básico bem feito vai te ajudar muito mais do que pagar alguém para fazer posts “bonitinhos”.

Você tem plenas condições de fazer isso sozinho.

Não invista em ilusões. Invista em estratégia e resultado.

Não seja enganado

Bom, agora que você já entendeu que métricas de vaidade são irrelevantes e não ajudam na tomada de decisão, tenha condições de dispensar os vendedores de ilusões do mercado. Eles batem à sua porta prometendo revolucionar sua presença digital, e o melhor: por um precinho camarada. Você, seduzido pelo fator preço, compra a ideia e fica encantado pelos likes… aí já era…

Não se engane, se alguém oferecer posts orgânicos, resultados através de curtidas e números de seguidores, pode ter certeza de que o objetivo é exclusivamente vender um serviço sem valor.

Não cometa o erro de trocar o seu dinheiro por dados sem significado e por NENHUM RESULTADO.

O barato sai caro

Criar uma presença digital sólida, clara, consistente e com resultados, exige investimento. E o motivo é simples: porque requer planejamento, análise de mercado, produção de conteúdo e um estudo minucioso para encontrar as estratégias mais assertivas para atingir seu objetivo.

Trabalhar presença digital é muito mais do que publicar um simples post e esperar o engajamento massivo da audiência. Se você está investindo nisso, está rasgando seu dinheiro.

Engajamento fake

Você já ouviu falar em fake news, certo?  Existe também o resultado fake, geralmente oferecido com  a falsa ideia que construir presença digital é um processo fácil. Existem formas de se “conquistar” números expressivos de engajamento, com uma chuva de curtidas e seguidores, mas isso não representar absolutamente nada.

Marcas novas não conquistam milhares de seguidores da noite para o dia. Desconfie quando observar isso. Não se engane, provavelmente esse engajamento é fake.

É possível inflar os números de curtidas e seguidores das redes do seu negócio. A pergunta que fica: qual a relevância disso? A resposta é simples: NENHUMA.

Publique e Patrocine

Se sua pretensão é manter atualizado o feed da página, faça isso você mesmo. Mas pense bem, se você está nas redes sociais, é porque precisa se relacionar com uma determinada audiência – e claro – quer vender para ela. Então, não faz sentido produzir um conteúdo que você não tenha pretensão de patrocinar.

Se vale ser postado, então merece ser patrocinado.

Para construir um relacionamento com a sua audiência e ter resultados, tenha consciência que será necessário investir.

Impulsionar é diferente de patrocinar

Outra dica de ouro: NÃO use o botão IMPULSIONAR PUBLICAÇÃO dos seus posts. Essa opção não qualifica os seus objetivos.

Para alcançar bons resultados, adote boas práticas e otimize ao máximo os seus recursos. Patrocine suas publicações com o Gerenciador de Anúncios do Facebook.

A ferramenta fornece pelo menos 10 objetivos de campanha diferentes, você poderá definir pelo mais adequado, e ainda selecionar o público-alvo mais relevante, com o controle completo sobre onde mostrar seus anúncios.

A adoção dessas medidas vai resultar na economia de muito dinheiro de publicidade e um melhor retorno de investimento (ROI) em suas campanhas.  Agora, se você impulsionar um post, o Facebook irá otimizar por mais engajamento de publicação – mais curtidas, compartilhamentos, comentários e assim por diante e já explicamos que isso não é relevante. (Mas ok… enquanto você não puder tirar um tempinho para aprender a usar o Gerenciador de Anúncios, vamos combinar que vale mais você impulsionar seus post do que fazer um post e publicar para ninguém.)

Se seu objetivo é crescer e ganhar novos mercados foque em métricas consistentes, que são completamente diferentes das métricas de vaidade. Lembre-se: você precisa obter dados reais que mostrem sua realidade e instigue mudanças.

Quais métricas devo considerar?

Dados como Taxas de Conversão de Campanhas, Conversões ao longo de Funil, LTV (Lifetime Value – estima o lucro líquido da vida de um cliente dentro da empresa), CAC (Custo de Aquisição por Cliente), alcance (mensura quantas pessoas foram impactadas), Número de Visitantes, entre outras são métricas importantes nas campanhas digitais.

Essas informações são denominadas como KPIs – os Indicadores-Chave de Desempenho – e são vitais para avaliar a evolução e a saúde do seu negócio e fornecem resultados reais sobre os investimentos feitos nas campanhas digitais.

Achou complexo? Sim, realmente é, e por isso exige atuação de especialistas para trabalhar nessas campanhas.

Então, comece fugindo de propostas que focam em posts orgânicos e métricas de vaidade. Faça você mesmo suas publicações até poder contar com quem entende de resultados de verdade.

A gente te ajuda a fazer do jeito certo. E não cobra nada por isso.

Humanize-se e saia do automático

Conte histórias, converse e seja empático. Você precisa dialogar com a sua audiência. Cada vez mais as empresas tem percebido que esse alinhamento é uma forma vital para estreitar o relacionamento da marca com a audiência.

Marcas precisam mais que presença digital

Marcas não criam valor e despertam desejo apenas com presença digital. É necessário ir além e explorar o Marketing Integrado.

As redes sociais não contam com métricas capazes de traduzir a relevância da marca e medir o quanto ela é desejada. Por isso, é vital olhar para outras formas de comunicação para construir relevância de marca.

Recentemente, durante a conferência EffWeek, o diretor de mídia global da Adidas, Simon Peel, admitiu que a marca errou ao investir apenas em publicidade digital.

Ao invés da divisão clássica da verba em 60% para marca e 40% para ativação, a verba foi 23% para marca e 77% para desempenho. Isso provocou perda da força de marca e redução de market share.

A empresa diagnosticou o erro e, nos últimos 4 anos, adotou nova estrutura de campanha com atividades emocionais e impulsionadoras da marca. Segundo Simon, hoje, a empresa ainda trabalha no reequilíbrio entre construção de marca e vendas.

Marketing integrado para construir resultado

Se sua meta é expandir e ser um produto desejado pelos consumidores diversifique as suas ações de marketing.

Faça relacionamento em redes sociais. Tenha um site. Produza conteúdo rico e mostre que você é autoridade no seu segmento. Dessa forma você atrai e educa os consumidores. Invista em propaganda. Olhe para as inúmeras possibilidades e para as diferentes mídias disponíveis online e offline. Conheça seu negócio, sua persona, defina seu objetivo e considere investir em mídia display, e-mail marketing, rádio, TV, outdoors e flyers. Não fique limitado ao Facebook e ao Instagram. Vá além e amplie seu alcance.

Agências de marketing sérias conseguem perceber a relevância de ampliar sua presença além do espaço digital. Então, cuidado com os vendedores de ilusões. Eles não conseguem ver o mercado com amplitude que o seu negócio requer.

Qual a sua meta?

E aí, qual o seu objetivo?

Vender mais? Ampliar mercados? Ser referência?

Então é hora de rever o que você está fazendo com a comunicação do seu negócio.

Se você ainda não consegue contratar um especialista reconhecido, faça o básico bem feito: faça postagens simples, conte histórias casuais, promova seu negócio com patrocínios pelo Gerenciador de Anúncios… mas não gaste nenhum centavo em métricas de vaidade.

E o que a gente ganha com isso? Acreditamos em marketing consciente para atingir objetivos sustentáveis. Se você crescer com as nossas dicas, um dia vai querer falar com a gente. 😉